Quem Somos?

MMIR - Movimento Místico e Iniciático no Roncador

Da Atlântida, Egito, Machu Picchu ao Roncador

 

O que é o Movimento Místico e Iniciático do Roncador (MMIR)?

 

O MMIR (ou apenas “O Roncador”) é um movimento que anuncia uma nova época de ouro, de melhores dias para o mundo e que vem preparar buscadores sinceros para a chegada dessa nova era que é caracterizada por homens e mulheres com mais saber, mais poder e com um estado de consciência mais elevado. O MMIR revela que a região do Roncador é o berço adequado para o começo dessa nova raça. O movimento tem o seu centro focal no Santuário Místico e Ecológico do Roncador, em torno do qual todo o processo se desenvolve. Tem sua sede em Barra dos Garças, na Fundação Roncador, que serve como um espaço Holístico para a comunidade, independente de credos ou religiões, e conta ainda com casas escolas preparatórias espalhadas pelo Brasil (EIRs).

 

O que divulgam as Escolas Iniciáticas do Roncador (EIRs)?

 

As EIRs, como escolas gnósticas, fornecem as chaves para auto-trasnformação ou auto realização intima do Ser, isto é, da Divindade que habita em nós. Elas preparam os buscadores para que possam participar dos níveis mais internos do Roncador. Como típicas escolas iniciáticas, as EIRs se organizam em 3 níveis ou câmaras onde o conhecimento é passado, respectivamente, em forma exotérica (1ª Câmara), mesotérica (2ª Câmara) e esotérica (3ª Câmara). A 3ª Câmara é desenvolvida no Roncador como continuação dos trabalhos das EIRs. Na 1ª Câmara, que é pública, o buscador estuda a doutrina gnóstica básica. Em seguida, quando já demonstra que aceita e está disposto a seguir por si mesmo os preceitos da Gnose, o buscador é então consagrado na 2ª Câmara para trabalhos internos e rituais em templos Gnósticos. Finalmente, após muito trabalho interno ele pode ser chamado para participar da 3ª Câmara (somente no Roncador) onde então poderá ter acesso a práticas e conhecimentos mais avançados visando a sua total transformação e assim adentrar as dimensões superiores. Nesses níveis mais internos o objetivo é a restauração dos poderes mágicos do homem e da Mulher, perdidos com a degradação da raça humana, que resultou no corte do nosso elo com o divino. A partir dessa “queda”, vivemos como seres fracos, infelizes e inconscientes, restritos à 3ª dimensão, Com a restauração do “Elo Perdido” poderemos novamente adentrar as dimensões superiores e participar da futura raça.